top of page

Estudo Multicêntrico da Incidência Doenças Infecciosas em gestantes e recém-nascidos. (2010)



Por meio do projeto multicêntrico Nº 01.07.0034.00 realizado pela INTERCIENTIFICA com apoio financeiro da Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP e executora Fundação Valeparaibana de Ensino foi possível desenvolver, avaliar e aperfeiçoar o kitNeoMAP® Doenças Infecciosas (ToRCHS), de tecnologia multiplex, capaz de analisar com uma única amostra de sangue impregnado em papel filtro a presença de anticorpos da Classe IgM de Toxoplasmose, Rubéola, Sífilis, Citomegalovírus e Herpes I-II. No Brasil, as doenças infecciosas durante a gestação são relativamente frequentes, ocorrendo em 0,5 a 2,5% de todos os nascimentos, com a maioria dos casos assintomáticos, embora possam manifestar-se de formas graves com abortos, mortes fetais e neonatais que afetam especialmente populações menos favorecidas. (REICHE et al, 2000). Corroborando com INAKI, A. D.Met al., (2010), conhecer a soroprevalência gestacional de agentes que possam ser transmitidos da mãe para o feto e causar doença é uma ferramenta essencial para formulação de políticas públicas de saúde, favorecendo o planejamento de ações programáticas de prevenção e assistência.



Comments


bottom of page